Crifert

Quando a Reprodução Assistida é necessária?

Quando o assunto é Reprodução Assistida, uma das dúvidas mais frequentes de casais que estejam buscando engravidar é: quando começar a pensar nessa opção?

De forma geral, a orientação é iniciar a avaliação desta possibilidade se as pessoas que compõe o casal já possuírem mais de 30 anos e a mulher ainda não ter conseguido engravidar, mesmo depois de um ano de tentativas. Assim, nos casos em que não se pode mais esperar tanto tempo para que a gravidez se torne realidade, as recomendações para uma fertilização assistida passam a ser mais comuns.

Geralmente, a fertilidade feminina tende a diminuir a partir dos 35 anos, enquanto a propensão a uma gravidez de risco aumenta, assim como a probabilidade da concepção de crianças com síndromes genéticas. Neste cenário e após a realização de uma avaliação clínica e de determinados exames, tratamentos de Reprodução Assistida tornam-se uma opção mais viável caso os parâmetros seminais estejam muito alterados, tais como quando, nas mulheres, há problemas persistentes na ovulação, reserva ovariana diminuída ou trompas obstruídas, por exemplo. Em todos os casos, a necessidade e tipo de tratamento são analisadas de maneira individualizada.

Deseja obter maiores informações? Entre em contato conosco!

× Falar pelo Whats