Crifert

Quais os riscos da inseminação caseira?

É crescente o número de pessoas procurando fazer uma inseminação caseira. Em sua maioria, são mulheres em busca de produção independente, casais homoafetivos femininos e casais héteros, quando o homem apresenta algum problema que afete a fertilidade. Apesar de estarem cientes da ilegalidade de tal atitude, essas pessoas são leigas quanto aos riscos à saúde que essa ação pode trazer.

E quais seriam esses riscos? A não realização do processamento seminal pode causar infecções uterinas e aumentar o risco de transmissão de doenças. Além disso, a auto inseminação do sêmen com uso de cateter para alcançar a trompa pode causar reações alérgicas.

E a versão caseira da inseminação também esbarra em questões importantes, que vão além do risco à saúde. Uma delas é que o Conselho Federal de Medicina determina que a doação de gametas (espermatozoides e óvulos) deve ser anônima e sem trocas financeiras entre receptor e doador.

Por isso, a Crifert sempre coloca em primeiro lugar todos os pré-requisitos para deixar você ser a prioridade! Ainda ficou com alguma dúvida ou precisa de mais detalhes? Entre em contato conosco, pela aba “Contato” do site, que ficaremos felizes em esclarecer o que for necessário!

× Falar pelo Whats